quarta-feira, 5 de agosto de 2009

A DESISTÊNCIA DO LUTADOR?

Se calhar é o que se está a avizinhar, porque somos o que somos e é muito difícil mudar isto, mas também por outro lado, aos poucos a saturação vai-se apoderando à medida que as pancadas vão sendo maiores. No fim resta aquela velha frase “eu não te disse?”, mas que neste caso é dita não por alguém de fora, mas pela própria pessoa. É o ponto em que devemos parar, reflectir e decidir.

1 comentário:

bbug disse...

Devemos sempre acreditar, sempre tentar.. Se não ficamos velhos sem pancadas, o que não teria graça nenhuma.